memoria

Memória

Uma definição simplificada, mas que talvez faça maior sentido do que seria memória é considera-la “a habilidade de adquirir, armazenar e evocar informações.” Ela nos ajuda, então a aprender e guardar informações pessoais que ocorreram em um tempo no passado (memória episódica), também da história e do conhecimento comum (memória semântica) ou mesmo de processos automáticos (memória implícita). Por isso contribui para a formação e desenvolvimento de quem somos testemunhando nossa história e servindo de aprendizado para experiências futuras.

Apesar da ideia de que memória é apenas uma função ou habilidade, há muitos tipos diferentes de memória sendo este termo empregado para uma combinação destes diferentes tipos.

memoriablog

Os vários tipos de memória referem-se ao conteúdo do que queremos guardar. E muitas vezes quando achamos que nossa memória está ruim podemos estar nos referindo à apenas uma das várias memórias.

Mas antes de descobrirmos os variados tipos de memória ressaltamos que em nosso dia-a-dia costumamos nos apoiar em informações verbais e/ou visuais. Portanto, nossa memória se divide em memória verbal que nos ajuda a lembrar de palavras, recados, conversas, aulas, reuniões entre outros. Já a memória visual é altamente dependente da atenção e nos ajuda a analisar os elementos visuais que nos rodeiam; é com ela que nos lembramos da roupa de uma pessoa, dos detalhes de uma fotografia ou mesmo de onde guardamos, ou na maioria das vezes escondemos, os objetos.

Algumas pessoas podem ter maior facilidade de se lembrar de informações verbais e outras de informações visuais. Além disso, as funções que exercemos durante toda nossa vida podem proporcionar maior estimulação de uma delas, por exemplo, um artista plástico pode ter mais estimulada sua memória visual enquanto um escritor sua memória verbal.

Divisão dos vários tipos de memória

Memória de curto prazo

Esta é uma memória de curta duração que envolve a retenção de informações por um intervalo de segundos. É um sistema de memória limitado geralmente a até 7 itens. Pode processar informações verbais e visuais em sistemas independentes e é dividia em memória imediata e memória operacional.

A memória imediata refere-se a uma informação repetida como um número de telefone que verificamos na agenda e repetimos até conseguirmos discar no telefone. Já a memória operacional refere-se a uma informação repetida, mas que também é manipulada e transformada de acordo um objetivo imediato, como resolver mentalmente um problema de matemática, onde precisamos repetir o problema para não o esquecer ao mesmo tempo em que calculamos e obtemos a resposta. É usada ainda para tarefas mais simples como quando digitamos um número de telefone. Você irá precisar manter essa informação disponível até terminar a digitação ou então terá que consultar dígito por dígito. Quanto mais complexa aquela atividade, mais desenvolvida terá que ser essa memória de trabalho ou as informações necessárias para aquela atividade irão se perder…

 

Memória de longo prazo

Refere-se ao armazenamento durável e com uma grande e possivelmente ilimitada capacidade. É o subtipo mais amplamente dividido, a começar por dois amplos sistemas: declarativa ou explicita e a não declarativa ou implícita.

 

Memória explícita

A memória explícita se revela quando a informação a ser lembrada ocorre de forma consciente e relaciona-se a conhecimentos adquiridos durante a vida e por nossas experiências prévias.

 

Memória implícita

A implícita ocorre quando nos lembramos de forma inconsciente ou não intencional. Trata-se de uma memória de procedimento relacionada a capacidade de adquirir uma habilidade percepto-motora através da exposição diária e repetitiva, como dirigir ou andar de bicicleta e patins. Mesmo que não estejamos conscientes quanto aos movimentos que desempenhamos eles foram um dia aprendidos e são lembrados quando os executamos.

 

Memória prospectiva

Este tipo de memória requer que nos lembremos de realizar ações no futuro e geralmente se concentra em quando devemos executar um evento específico. Trata-se de nossa agenda mental onde anotamos os compromissos como ir a uma consulta médica amanha pela manhã ou passar no supermercado no caminho de casa. Mas sempre que pensamos em um evento futuro temos que planejar nossas ações para cumprir nosso compromisso por isso é uma função altamente dependente do bom desempenho das funções executivas.

 

Subtipos de memória de longo prazo

Memória episódica

São as memórias pessoais de conteúdo autobiográfico em que o contexto do momento do evento é muito importante. É quando lembramos o que fizemos no dia anterior, de nossa ultima viagem ou das orientações que recebemos do médico.

Memória semântica

Diz respeito àquelas informações para as quais o momento no qual as aprendemos é irrelevante como o conhecimento das regras gramaticais, de quem descobriu o Brasil, qual a capital do Acre ou o que são neurônios.

1 responder

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *